Programas de nutrição geram economia de custos para pacientes hospitalizados

A desnutrição em pacientes hospitalizados está associada a complicações infecciosas e não infecciosas, tempo de internação prolongado, maiores taxas de readmissão, prejuízo na cicatrização de feridas e mortalidade elevada. Evidências mostram que a desnutrição relacionada a doenças impõe altos custos financeiros aos sistemas de saúde em todo o mundo. Além disso, são elevadas as taxas de  subdiagnóstico e subtratamento de pacientes malnutridos internados, sugerindo necessidade de aprimorar os procedimentos hospitalares que identifiquem e tratem a desnutrição relacionada à doença.

Buitrago e colaboradores (2020) desenvolveram um estudo para estimar o impacto financeiro da adoção de um programa abrangente de atenção nutricional para pacientes desnutridos em ambiente hospitalar colombiano. Os autores utilizaram o modelo de Markov para comparar pacientes que receberam a Terapia Nutricional Precoce (TNP), com o início de 24-48h após a admissão hospitalar, versus os que receberam a Terapia Nutricional Tardia (TNT), ou seja, que não tiveram o início precoce.

A média de custo durante os 60 dias foi de $3.770 para pacientes com TNT vs $2.419 para pacientes com TNP, representando uma economia de $1.351 (redução de 35,8%) por paciente. As diferenças específicas nos custos entre os grupos (TNT vs TNP) foram: $2.703 vs $1.600 para custos associados ao hospital; $ 883 vs $665 para readmissões e $176 vs $94 para complicações relacionadas à desnutrição. É importante destacar que todos os valores foram calculados em dólares americanos.

A análise do impacto orçamentário demonstrou que programas de cuidados nutricionais em hospitais podem melhorar os desfechos em saúde e reduzir os custos de pacientes hospitalizados na Colômbia.

Clique no link abaixo e veja o estudo completo.

REFERÊNCIA: Buitrago G. et al. Targeting malnutrition: Nutrition programs yield cost savings for hospitalized patients. Clinical Nutrition, v. 39, n. 9, p. 2896-2901, 2020.

Deixe um comentário